Relatório Ameaças Cibernéticas SonicWall

Relatório Ameaças Cibernéticas SonicWall

Atualização semestral: 2019 Relatório de ameaças cibernéticas SonicWall

caparelatorio
No dia 26 de março deste ano a SonicWall anunciou a divulgação do Relatório de Ameaças Cibernéticas da SonicWall 2019. Os dados foram coletados ao longo de 2018 e analisados pelo SonicWall Capture Labs (equipe de elite especializada em pesquisa sobre ameaças) e demonstraram uma intensificação no volume de ciberataques e de novas táticas de ameaças direcionadas usadas pelos cibercriminosos.

Clique aqui para fazer o download do relatório completo.
“Os cibercriminosos não dão trégua em sua busca incessante para obter ilicitamente dados, informações valiosas e propriedade intelectual”, explica Bill Conner, Presidente e CEO da SonicWall. “Devemos ser incansáveis nessa corrida armamentista cibernética. Quando compartilhamos informações essenciais sobre ameaças com nossos clientes e parceiros, oferecemos uma vantagem tática. Mas é de igual importância munir de inteligência aqueles que estão na linha de frente dessa batalha, promover a conscientização global sobre o panorama de ameaças e continuar viabilizando o diálogo importante em torno das ameaças cibernéticas mais predominantes da atualidade.”

Bill Conner - Presidente e CEO da SonicWall.
Bill_Conner
Para acompanhar este ritmo frenético a SonicWall lançou um complemento, de meio de ano, para o Relatório de Ameaças, a fim de manter os dados atualizados..

Clique aqui para baixar o complemento do relatório de forma exclusiva no site da SonicWall.

Alguns pontos chamaram a atenção e serão destacados aqui.

relatoriosw1

• O Volume de malware diminui no primeiro semestre

Nos primeiros 6 meses de 2019 a SonicWall registrou 4,8 bilhões de ataques de malware, uma queda de 20% em comparação ao mesmo período do ano passado.

• Ransomware estão em ascensão

Se por um lado o número de ataques de malwares diminuíram, os ransowares continuam a render lucros para os cibercriminosos. O número de ataques chegou a 110,9 milhões no primeiro semestre de 2019. Isso representou 15% de crescimento em relação ao acumulado do ano.

• Ataques contra portas não padronizadas ainda são uma preocupação

Para o primeiro semestre de 2019, 13% de todos os ataques de malware ocorreram por meio de portas não padronizadas.

• Ameaças criptografadas se intensificaram

Estas ameaças estão em constante crescimento, em 2018 cresceu 27% em relação ao ano anterior, chegando a 2,8 milhões de ameaças identificadas. Já nos primeiros seis meses deste ano, a SonicWall registrou um aumento de 76%.

• Aprendizado de máquina, Sandbox multi-engine evoluindo para segurança “must-have”

Até agora, em 2019, o Sandbox mult-engine (SonicWall Capture Advanced Threat Protecion – ATP) expôs 194.171 novas variantes de malware. Representou um ritmo de 1.078 novas descobertas por dia.

radarsw1

• O volume de malware IoT dobrou ao longo do ano

A velocidade com que os dispositivos de IoT estão sendo comprometidos para entregar cargas de malware são alarmantes. No primeiro semestre de 2019 o número de ataques de IoT superou os dois primeiros trimestres do ano passado chegando ao um número de 13,5 milhões de ataques registrados.

• Bitcoin valorizado mantem Cryptojaking em alta.

Com a crescente valorização do bitcoin e do Monero, o crypjacking se recuperou em 2019 atingindo a marca de 52,7 milhões de ataques em 2019.


Fonte: Blog SonicWall

Geoff Blaine
Diretor de Comunicação Corporativa da SonicWall

https://blog.sonicwall.com/en-us/2019/07/mid-year-update-2019-sonicwall-cyber-threat-report/

Atualização semestral: 2019 Relatório de ameaças cibernéticas SonicWall       

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *